A BOFETADA | Yabatur
Quinta-feira 19 de setembro de 2019

NOVA TEMPORADA, NOVO TEATRO, NOVOS DIA E HORÁRIO

A partir de 11 de agosto, o espetáculo entra em cena

 aos DOMINGOS às 19h, agora no TEATRO MÓDULO

Para quem já viu e quer rever e para quem, por alguma razão, nunca conseguiu assistir, a Cia Baiana de Patifaria anuncia que A BOFETADA terá nova temporada em novo dia, novo horário e novo palco: TEATRO MÓDULO, sempre aos DOMINGOS às 19h entre 11 de agosto a 29 de setembro.

A trupe, que tem 8 peças no repertório, está preparando um novo espetáculo que será lançado ainda em 2019 e ainda está sendo mantido em segredo absoluto. Enquanto a nova produção é criada, os ‘patifes’ da alegria continuarão em cena com duas montagens: A BOFETADA que reúne os atores  Mario Bezerra, Marcos Barretto, Rodrigo Villa e Lelo Filho, e FORA DA ORDEM espetáculo solo com o ator Lelo Filho dentro de um projeto de Arte e Educação com sessões a serem agendadas. Dois gêneros teatrais, comédia e drama numa mesma temporada.

Muito se pergunta sobre o sucesso de A BOFETADA, que em 2019 completa mais de três décadas desde sua estreia, e Lelo Filho, que assina a direção juntamente com Odilon Henriques, a partir da concepção original de Fernando Guerreiro, acredita que o retorno do espetáculo sempre numa nova temporada, “pode ser explicado por seu forte poder de comunicação com diferentes plateias, interação com os espectadores e, especialmente, a renovação do texto através dos improvisos do elenco”. Nada melhor do que “o efeito curativo de uma boa gargalhada!”

Em três esquetes assinados por Mauro Rasi, Miguel Magno e Ricardo de Almeida, A BOFETADA aborda, em forma de metalinguagem, o universo do teatro. Um embate entre uma atriz e uma crítica, atrizes que esquecem as falas e algumas que brigam ao vivo com quem deveria lhes lembrar o texto e por fim uma aula de teatro com a dupla Fanta Maria e Pandora, que acabam por transformar o público, que até então não tinha entrado na história, no 12º personagem.

Essa é apenas uma das muitas histórias contadas no livro É A MINHA CARA, escrito pelas jornalistas Kamila Matos e Nara Maria Santos, publicado pela editora Pinaúna e que está sendo relançado, após esgotar sua primeira tiragem em 2017. O livro vem atualizado em texto e fotos.

A cada nova temporada, os “patifes”  se preparam para fazerem as atualizações dos textos do espetáculo. Como é de costume, as novas manchetes do noticiário político-social-econômico brasileiro irão se misturar aos bordões que levam o público às gargalhadas: ‘é a minha cara’, ‘oxente’, ‘momento lindo, maravilhoso’, ‘adoro, chega choro’.

Nesses, agora, mais de 30 anos A BOFETADA já teve a participação de 17 atores desde que estreou, em 1988, na pequena Sala do Coro do TCA, em Salvador, seguindo em turnês por todo Brasil em mais de 60 cidades e conquistando um público que ultrapassa a marca de 2 milhões de espectadores.

A BOFETADA – o espetáculo

A montagem reúne três esquetes. O primeiro esquete, “O Calcanhar de Aquiles” – extraído de Pedra, a tragédia –  de Mauro Rasi traz a atriz decadente Eleonora (interpretada pelo ator Mário Bezerra) que obriga a crítica de teatro Vânia Leão (Marcos Barretto) e a namorada Dirce (Rodrigo Villa) a assistirem sua montagem apoteótica na qual interpretará sozinha 60 personagens de uma tragédia grega.

Os dois esquetes seguintes (extraídos de “Quem tem medo de Itália Fausta”), são assinados por  Miguel Magno e Ricardo de Almeida. Em “O Ponto e a Atriz”, vários gêneros teatrais são ironizados ao resgatar a função do Ponto, figura que lembrava o texto para as divas das grandes companhias de teatro.

O último esquete, “Fanta e Pandora”, o ensino do teatro é o foco central e o público é transformado em personagem com quem as duas professoras universitárias, Fanta Maria (interpretada por Lelo Filho desde 1988) e Pandora Luzia (Rodrigo Villa) interagem numa improvável aula sobre a influência de dois fonemas no teatro javanês, durante os últimos 15 do século XII a.C

Serviço

O quê: A BOFETADA

Quando:  aos DOMINGOS, às 19h, de 11 de agosto a 29 de setembro.

Onde: Teatro MÓDULO – Avenida Magalhães Neto, 1177 – Pituba

Ingressos: inteira R$ 60,00/ meia R$ 30,00**

Recomendação etária: 14 anos

#aereoyabatur2018#ingressosemdomicílio #transporte #yabaturcultural #teatro2018

**valores sujeitos a taxas de serviços administrativos e taxa de entrega de acordo com a localidade.

Sugestões, transportes, ingressos em domicilio, grupos e serviços afins relacionados com a cidade do show; falecom@yabatur.com ou televendas Yabatur; 71 99141-0487/99610-2665 ou 3017-7663.

#INGRESSOSEMDOMICILIOYABATUR #TRANSFERYABATUR #YABATUR23ANOS #YABATURCULTURAL2019 #MEDIANTEADISPONIBILIDADE #PACOTEYABATUR2019 #AEREOYABATUR2019