CAETANO MORENO ZECA TOM VELOSO em OFERTÓRIO | Yabatur
Terça-feira 15 de outubro de 2019

CAETANO
MORENO
ZECA
TOM
VELOSO
Em Ofertório

Há muito tempo tenho vontade de fazer música junto a meus filhos publicamente. Desde a infância de cada um deles gosto de ficar perto. Cada um é um. Sempre cantei para eles dormirem. Moreno e Zeca gostavam. Tom me pedia pra parar de cantar. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida. Moreno, que nasceu vinte anos antes de Zeca, formou-se em física. Tom, que nasceu cinco anos depois de Zeca, só gostava de futebol. Moreno e Tom já se profissionalizaram como músicos. Zeca, depois de passar parte da adolescência experimentando com música eletrônica, começou a compor solitariamente. Quero cantar com eles pelo que isso representa de celebração e alegria, sem dar importância ao sentido social da herança. É algo além até mesmo do “nepotismo do bem”, na expressão criada por Nelson Motta.

Faz uns anos, fiz, atendendo a um convite específico, um show com Moreno, que foi uma das melhores coisas que já aconteceram na minha vida. No show que faremos agora, voltaremos a certas canções impossíveis de serem descartadas, como “Um canto de afoxé para o bloco do Ilê”. Moreno tem uma linha criativa extremamente refinada. Os trabalhos com o grupo +2 são uma marca profunda e duradoura da sua geração. Seu disco individual é um dos mais belos exemplos de delicadeza da história da canção brasileira.

Assim, no show apresentaremos algumas dessas coisas que cresceram em nós, de nós. E canções minhas escolhidas por eles. “O Leãozinho”, que os filhos de tanta gente pedem, os meus não deixaram de pedir. E coisas como “Reconvexo” têm de estar ali confirmando a linhagem. Há clássicos de Moreno e canções novas de todos (inclusive minhas). Nas primeiras conversas, imaginamos chamar um pequeno grupo de músicos para enriquecerem os arranjos. Mas, ensaiando, decidimos ficar só os quatro no palco. O som será mais para o acústico e muito singelo. Eu sou o único que só toca violão. Os outros podem se revezar em alguns instrumentos. É um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz. Ter filhos foi a coisa mais importante da minha vida adulta. O que aprendi com o nascimento de Moreno – e se confirmou com as chegadas de Zeca e Tom – não tem nome e não tem preço. Mas nosso show também tem a responsabilidade de apresentar números com qualidade profissional. Creio que não somos uma família de músicos, como há tantas, dado o caráter comprovadamente genético do talento musical, mas seguramente somos músicos de família. Os shows são dedicados às mães deles, a Cézar Mendes e à memória de minha mãe.

Local: SALA PRINCIPAL do TCA.

Data: 23,24,25 e 26/10/2019 às 21h.

Classificação: Livre.

CAPACIDADE: 1.554 LUGARES

INGRESSOS:

 COM LIMITE DE 40% DE MEIA ENTRADA

 A a P – 210,00/105,00 – 451 ingressos a venda, sendo 271 inteiras e 180 meias.

Q a Z5 – 170,00/85,00 – 559 ingressos a venda, sendo 335 inteiras e 224 meias.

Z6 a Z11 – 90,00/45,00 – 357 ingressos a venda, sendo 214 inteiras e 143 meias.

NÃO SERÁ PERMITIDO O ACESSO APÓS INICIO DA APRESENTAÇÃO

CRIANÇAS DE 0 A 12 ANOS PAGAM MEIA-ENTRADA.**

#aereoyabatur2018#ingressosemdomicílio #transporte #yabaturcultural #teatro2018

**valores sujeitos a taxas de serviços administrativos e taxa de entrega de acordo com a localidade.

Sugestões, transportes, ingressos em domicilio, grupos e serviços afins relacionados com a cidade do show; falecom@yabatur.com ou televendas Yabatur; 71 99141-0487/99610-2665 ou 3017-7663.

#INGRESSOSEMDOMICILIOYABATUR #TRANSFERYABATUR #YABATUR23ANOS #YABATURCULTURAL2019 #MEDIANTEADISPONIBILIDADE #PACOTEYABATUR2019 #AEREOYABATUR2019